Mural Mural Mural Mural Mural Mural Mural Mural Mural Mural Mural Mural Mural Mural

Mural

Postado em Mural | Sem comentário

“Uma dorme comigo e a outra me pariu. É mais do que justo.” – Gilvam Borges – Senador (PMDB-AP) Sobre a contratação da mulher e da mãe como secretárias parlamentares

Noite portuguesa, com certeza

Postado em Coluna | Sem comentário

Quem não abre mão de saborear o mais famoso prato da culinária lusitana não deve marcar nenhum compromisso para o próximo sábado.
É quando vai acontecer mais uma edição da imperdível Festa do Bacalhau na Brasa, tradicional evento beneficente promovido anualmente pela loja maçônica Construtores da Harmonia.
É quitute para se comer de joelhos, ora pois.

A receita perfeita

Postado em Coluna | Sem comentário

Neste inverno mais quente que de costume, o mês de agosto vem sendo marcado por noites frias, ao redor dos 15 graus, e dias secos e ensolarados, que chegam a bater nos 30 graus.
Dá-se o nome de amplitude térmica a essa diferença entre as temperaturas máximas e mínimas registradas num determinado período de tempo.
Quanto maior for a amplitude térmica, associada, é óbvio, a um solo apropriado e cuidados adequados no cultivo, maior é a possibilidade de se produzir uvas viníferas de alta qualidade.
É essa combinação que se faz presente nas melhores regiões vinícolas do mundo.

Terra em transe

Postado em Coluna | Sem comentário

Prendeu a atenção da plateia do começo ao fim a palestra proferida quinta-feira na Acic pelo general Altair José Polsin, comandante da 15ª Brigada de Infantaria Mecanizada, homenageado na ocasião pelo transcurso, amanhã, do Dia do Soldado.
Além de relembrar suas experiências nas missões de paz realizadas pelo Exército Brasileiro na Bósnia e no Haiti, ele deu uma brilhante aula de história da civilização ao explicar as origens e as razões das guerras.
Ao descrever o atual momento da humanidade, o militar destacou os dez conflitos bélicos que fazem de 2014 um ano extremamente conturbado em boa parte do globo.
Eis a lista: Afeganistão, Iraque, Síria, Faixa de Gaza, Líbia, Mali, Sudão do Sul, República Centro-Africana, Somália e Ucrânia.
Como se vê, o mundo continua sendo um lugar perigoso para se viver.

Muy bueno

Postado em Coluna | Sem comentário

Chegou a Cascavel um pedaço do sabor e do charme que fazem de Buenos Aires uma cidade eternamente atraente.
Inspirada nos encantadores cafés portenhos, acaba de abrir as portas na esquina das ruas Mato Grosso com Afonso Pena a Manjar’s Cafeteria e Gelateria.
Além de cafés especiais e um delicioso sorvete artesanal, encabeçam o cardápio duas das mais típicas iguarias do país, as irresistíveis empanadas e medialunas, fielmente preparadas pela dona da casa, uma brasileira que viveu longos anos por lá.
E, como não poderia faltar, há uma pequena, mas bem diversificada adega, com vinhos à altura dos mais exigentes apreciadores.

Literalmente, do céu

Postado em Coluna | Sem comentário

Uma instituição cristã internacional descobriu uma engenhosa forma de evangelizar as populações de países onde há restrições à liberdade de culto religioso.
Financiada por uma campanha mundial de doações, a entidade está fazendo cair nesses lugares balões de ar quente com cestos carregados de bíblias.
Já foram realizadas ações do gênero na Coreia do Norte e no Irã.

Cinquentona

Postado em Coluna | Sem comentário

Uma das mais conhecidas e conceituadas marcas do comércio cascavelense está ingressando este mês no seleto clube das empresas que chegam ao meio século de existência.
Trata-se da Auri Verde, a tradicionalíssima loja de artigos para iluminação e decoração fundada pelo saudoso Jatir Furlan em agosto de 1964 e hoje administrada por seus filhos e netos.
O aniversário está sendo festejado com um coquetel oferecido diariamente aos clientes e amigos na matriz da avenida Brasil, entre as 16h e 18h.

A vida ensina

Postado em Coluna | Sem comentário

Agora que começou mais uma campanha eleitoral, lembre-se de seguir, todos os dias, um velho e sábio ensinamento, do qual você jamais se arrependerá.
Nunca brigue com um amigo por causa da política.
Depois os políticos se entendem e você perdeu um amigo.

Com direito a baile

Postado em Coluna | Sem comentário

Celebrado a 11 de agosto, o Dia do Advogado não passará em brancas nuvens na cidade.
A Subseção de Cascavel da OAB programou as comemorações para a próxima sexta-feira na Associação Coopavel.
A jornada será em ritmo de jantar-dançante.

Na rota da campanha

Postado em Coluna | Sem comentário

Foi confirmada para o dia 4 de setembro a segunda visita que fará a Cascavel este ano o senador Aécio Neves.
O candidato do PSDB à presidência da República já tinha vindo à cidade em fevereiro, durante o Show Rural da Coopavel.
Em abril, o então presidenciável do PSB, Eduardo Campos, também tinha estado em Cascavel para divulgar suas propostas a líderes políticos e empresariais.
E a Dilma, será que vem também?

Postado em Coluna | Sem comentário

Nos salões elegantes da sociedade cascavelense, Deyse Godoy e Thiago Lemes.

Postado em Coluna | Sem comentário

O odóntologo Eliseu Sicoli e sua filha Érica, estudante de prótese dental, marcando presença em evento internacional sobre implantodontia.

O negócio é outro

Postado em Coluna | Sem comentário

Nas inúmeras reuniões já realizadas sob a mediação de representantes do governo estadual e do Incra para solucionar pacificamente a ocupação da Araupel pelo MST, foram oferecidas aos invasores diversas outras áreas na região de Quedas do Iguaçu.
Até agora, o grupo vem recusando sistematicamente todas as propostas e não abre mão de querer arrancar na marra um naco da propriedade alheia.
Como as terras ofertadas são bem mais apropriadas para a agricultura que as invadidas, ganha corpo a suspeita de que o MST não está interessado lavrar o solo, mas sim em “colher” os cobiçados pinheirais do reflorestamento industrial da empresa.
O estoque vale pelo menos 100 milhões de reais.

Volta ao lar

Postado em Coluna | Sem comentário

Fotos publicadas nas redes sociais mostram que o deputado estadual Caíto Quintana já está novamente reintegrado ao “velho PMDB de guerra”, pedindo votos para a candidatura do senador Roberto Requião ao Palácio Iguaçu.
Como se sabe, Caíto foi um dos líderes do frustrado movimento que tentou levar o partido para o palanque da reeleição do governador Beto Richa, de quem aspirava ser o vice.
Foi só uma puladinha de cerca do antigo correligionário, que Requião, magnanimamente, pelo visto, já perdoou…